terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

Chinesa busca construtora no País

01/02/2016 – O Estado de São Paulo

A China Railway Group, gigante chinesa do setor de infraestrutura, está procurando uma construtora brasileira de médio a grande porte para comprar, apurou o Estado. O maior entrave para o fechamento do negócio é o envolvimento das empresas brasileiras na operação Lava Jato, que investiga contratos com a Petrobrás.

O grupo chinês está interessado em adquirir uma companhia com faturamento da ordem de “centenas de milhões” que não esteja no centro das investigações da Lava Jato, disse uma fonte com conhecimento no assunto. Um grupo de consultores já procura ativos no mercado para oferecer à empresa. Os chineses também têm interesse em investir em ferrovias e projetos de mobilidade urbana no Brasil e avaliam a participação na próxima rodada de concessões no País.

O interesse do grupo em ter uma construtora nacional visa a justamente viabilizar os projetos de infraestrutura no Brasil, apurou o Estado. É comum que grupos que administram concessões de infraestrutura, como rodovias ou aeroportos, também sejam donos de construtoras. Elas utilizam suas próprias empresas para fazer as obras dos projetos de concessão – por exemplo, as obras do aeroporto de Guarulhos foram feitas pela construtora OAS, que é uma das acionistas da Invepar, empresa que controla a concessionária de Guarulhos.

A China Railway Group está na lista da revista Forbes das cem maiores empresas do mundo, mas ainda não tem negócios no Brasil. Apenas no primeiro semestre do ano passado, o grupo faturou cerca de US$ 40 bilhões. O Estado não conseguiu contato com a China Railway Group.


Nenhum comentário:

Postar um comentário